Como tudo começou?

Em 2010, a Cia Prisma de Arte resolveu tirar o teatro dos grandes palcos e levar para a rua, para perto do povo. Mais que isso, quis dar oportunidade do fortalezense conhecer melhor e poder prestigiar os grupos de teatro da cidade. Então, entre os dias 05 e 12 de novembro daquele ano, a cidade deixou um pouquinho da sua correria de lado para parar tudo e assistir a uma peça de teatro. Pronto, nasceu o Festival Popular de Teatro de Fortaleza, uma proposta nova e cheia de expectativas!

 

Tudo deu tanto certo que, em 2011, o Festival realizou sua segunda edição. Durante uma semana, mais de 15 grupos cearenses, além de um de São Paulo (Buraco d’ Oráculo) e um internacional, vindo da Argentina (Patos Mojados) realizaram mais de 40 atividades de teatro, entre encenações, oficinas, palestras e rodas de conversa. Tudo isso, espalhados pelos quatro cantos de Fortaleza, sempre respeitando o mote principal do Festival: descentralizar o teatro e leva-lo para cada vez mais próximo do público.

Mais uma vez o Festival Popular de Teatro de Fortaleza foi um sucesso. Uma plateia formada por milhares de pessoas assistiu – nem que fosse apenas um pedaço enquanto espera o transporte – os espetáculos, que tiveram como palco além dos terminais de ônibus, as praças do Centro da Cidade (José de Alencar e Ferreira) e de vários bairros de Fortaleza como Barra do Ceará, Parquelândia, Dias Macedo entre outros. Além desses, espaços como a Rodoviária Engenheiro João Tomé, Cuca Che Guevara e Vila das Artes também foram ocupados, o que propiciou ainda mais a difusão do teatro.

Agora está chegando a vez do terceiro ato desse grande espetáculo. E para 2012, muitas surpresas estão por vir. Fique atento às novidades, que estão sendo divulgadas aos poucos e não se esqueça! As inscrições só podem ser realizadas até o próximo dia 15.10, segunda feira que vem. Não perca tempo e inscreva o seu grupo! Participe e ajude o Festival Popular de Teatro de Fortaleza a levar os espetáculos a toda a população, principalmente aos que não têm tempo ou condições financeiras para estar nos templos teatrais.

Deixe uma resposta

(*) Required, Your email will not be published