De Grupo em Grupo: Nóis do Teatro

Classificado para mostra Centro, com o espetáculo “O Que Mata É O Costume” e para a mostra Comunidades, com o espetáculo “A Granja”

Nóis de Teatro é um grupo teatral de Fortaleza com 09 anos de fundação. O grupo desenvolve vários tipos de projetos sociais, em especial no bairro Granja Portugal, utilizando-se da arte como instrumento de educação. Essas atividades lhes renderam reconhecimento e eles acabaram se tornado referência de trabalho artístico-cultural desenvolvido em área de periferia.

"O que Mata é o Costume", espetáculo do grupo Nóis de Teatro

Na carteira, espetáculos como O Auto da Barca do Inferno (2006), O Juiz de Paz na Roça (2007), Artimanhas (2008), A Granja (2009), Sertão.doc(2010) e O que mata é o costume! (2011). Só nos últimos três anos, o grupo já se apresentou mais de 200 vezes, em Fortaleza, várias cidades do interior do Estado, e até fora do Ceará, nos festivais espalhados pelo Brasil.

Nóis de Teatro também trabalha em parceria com a Comunidade em Movimento da Grande Fortaleza – COMOV. A parceria tem rendido frutos, são várias atividades artístico-culturais, que veem fomentando o cenário da produção cultural de Fortaleza. Mais informações no portal: http://comovbr.blogspot.com/.

A maioria dos trabalhos do Nóis de Teatro estão relacionados aos movimentos de resistência da periferia e do interior do Estado. Nos últimos anos, foram realizadas residências artísticas, circulação e montagem de espetáculos com temática sócio-política, etc. No Festival Popular de Teatro de Fortaleza, eles vão apresentar dois desses espetáculos: A Granja e o Auto da Barca do Inferno, este último, baseado na obra de Gil Vicente. Em breve, mais detalhes sobre a programação. Aguarde!

One Comment

Deixe uma resposta

(*) Required, Your email will not be published